O treinamento do trabalhador rural é uma prática necessária para que uma fazenda possa alcançar melhores resultados. De nada adianta, por exemplo, trabalhar com produtos de qualidade se a equipe não sabe manuseá-los ou não conhece as medidas de seguranças exigidas pelo mercado.

Determinar metas inalcançáveis e não ter um ambiente saudável para humanos e animais são outros exemplos de práticas que devem ser evitadas a todo custo.

Dessa forma, é dever do dono de fazenda criar um ambiente adequado, sempre prezando pelo uso de boas práticas. Isso permite melhorar a produtividade do funcionário e até reduzir despesas, já que as taxas de desperdício e de acidentes são minimizadas.

Portanto, leia este artigo até o fim, entenda mais sobre o assunto e descubra o papel de um funcionário bem treinado.

Qual é a importância de capacitar o trabalhador rural?

Todo fazendeiro quer garantir o sucesso da lavoura ou da criação do seu rebanho, certo? Porém, os efeitos positivos só são alcançados quando todos trabalham em conjunto. Em outras palavras, a presença de trabalhadores rurais preparados é um fator fundamental.

A garantia de segurança é a primeira questão a ser considerada. Colaboradores treinados realizam suas atividades com maior precisão e destreza. A partir disso, o uso das máquinas se torna mais eficiente e os acidentes deixam de ocorrer.

Mesmo que um incidente aconteça, a equipe estará pronta para reagir sob pressão e tomar atitudes corretas. Como consequência, os danos são reduzidos e a saúde do funcionário é protegida.

Lembre-se de outro ponto fundamental: a diminuição da rotatividade. Propriedades que têm um ambiente confortável e amigável garantem boas condições de trabalho. Ou seja, dificilmente o trabalhador procurará outra oportunidade de emprego.

Quem tem uma equipe bem treinada pode adotar novas tecnologias e sistemas na fazenda, otimizando a produção. E não para por aí!

O bem-estar animal é outro fator que alguns produtores deixam de lado. Como há uma relação entre o conforto do rebanho e a qualidade da carne/leite, é essencial adotar medidas que criem um ambiente tranquilo.

Quando isso não acontece os bovinos liberam substâncias que causam alterações na formação de seus músculos, diminuindo a qualidade da carne. Então, os funcionários de todas as etapas de produção devem dominar suas atividades, da reprodução ao abate.

Quais são os principais benefícios para a fazenda?

O uso de novas tecnologias é um grande desafio em algumas propriedades do país. Como não existem profissionais capacitados, muitas gestões não conseguem implementar novos sistemas e soluções.

A capacitação de sua equipe atual é uma boa maneira de resolver esse problema. Se você deseja introduzir, por exemplo, o cercamento elétrico em sua propriedade, veja quais são as recomendações do fabricante e identifique as melhores medidas para aplicar ao negócio.

Tenha em mente que adotar técnicas e produtos antiquados pela falta de bons profissionais é um erro grave que atrapalha o seu crescimento.

De que maneira essa capacitação pode ser realizada?

Agora chegou o momento de colocar esses aprendizados em prática. Acompanhe os passos necessários e saiba como começar.

Identifique as fraquezas da equipe

Antes de tomar qualquer atitude, você deve analisar as características de cada trabalhador rural. Toda a etapa produtiva deve ser estudada para identificar os gargalos e pontos mais fragilizados.

A integração lavoura-pecuária, por exemplo, pode ser uma questão que causa grandes dores de cabeça em sua fazenda.

Como a técnica consiste no cultivo de plantas agrícolas e no manejo de animais, o empregado precisa respeitar o tempo de regeneração do solo — e isso demanda conhecimento e experiência. Contar com profissionais despreparados em tais situações é pedir para ter problemas.  

A situação é fictícia, mas evidencia como é importante identificar as fragilidades do seu quadro de funcionários, visando adotar treinamentos que solucionam a questão.

Realize treinamentos

Atualmente, existem diversas maneiras de treinar o trabalhador rural. Em alguns casos, sua equipe pode se sentir estranha na presença de computadores e de outras tecnologias modernas, como uma plataforma EAD. Porém, isso não é desculpa para não treiná-los.

É possível planejar, criar turmas e grupos de estudos com a ajuda de especialistas em segurança do trabalho mensalmente, por exemplo.

Não é recomendado descontar o tempo investido nos estudos de seu trabalhador, afinal, cada segundo dedicado a um novo aprendizado é revertido em melhores resultados. Essa prática também evita a desmotivação da equipe.

Faça de tudo para desenvolver pessoas. Mostre que o crescimento do colaborador é essencial para melhorar a performance da empresa. Deixe claro que todos são importantes para que os custos sejam otimizados e os acidentes reduzidos.

Pense também na importância da prevenção de incidentes e na adoção de práticas seguras. Um trabalhador desprevenido não traz riscos apenas a si mesmo — na verdade, abre brechas para falhas que afetam toda a equipe.

Seja um exemplo para todos

Você deve ser um exemplo para a equipe. Por mais que tenha muita experiência no mercado, as relações entre produtores, fornecedores e clientes evoluem a todo momento.

Isso quer dizer que uma nova técnica ou um novo equipamento pode surgir quando você menos esperar. Portanto, mantenha-se atualizado em relação às novidades do seu ramo de atuação.

Participe de palestras, de congressos e de workshops. Em determinadas situações, aproveite para levar alguns de seus trabalhadores rurais e fazer com que o conhecimento seja democrático em sua fazenda.

Aprenda a confiar

Nenhum empresário cresce sozinho. Ter pessoas de confiança ao seu redor é fundamental para extrair o máximo de um negócio — e não poderia ser diferente para um produtor rural.

Ao delegar tarefas, você demonstra que cada membro do time é importante. Enquanto alguns produtores cometem o erro de acumular funções e decisões em suas mãos, fomente a união de todos e deixe que os funcionários sejam responsáveis por suas atividades.

A definição de metas é uma boa prática nessas horas. Determine valores que estão ao alcance de todos e monitore a evolução de cada trabalhador rural.

O que você achou deste artigo? Quer acompanhar as novidades do mercado do agronegócio? Então, siga as nossas redes sociais e fique de olho em nossas publicações. Estamos no Facebook, Instagram e YouTube!